Hotels We Love
Original e artsy, Faena Miami Beach é uma ótima proposta de hospedagem durante a Art Basel
Publicado em 8 de dezembro de 2017

Miami Beach never gets old! Isso porque ela se recusa a continuar sempre a mesma. E é exatamente por isso que a cidade foi escolhida para sediar uma das três edições da sempre descolada Art Basel. A festejada feira – que é o nome mais forte no mundo da arte contemporânea – acontece agora em dezembro e promete: é época de muitas (e imperdíveis) festas e vários eventos de arte paralelos. Um deles é a Miami Art Week, uma criação all by Faena Miami Beach. A edição de 2017 tem curadoria de Ximena Caminos e espalha instalações de artistas internacionais (nomes como Phillip K. Smith III, Peter Tunney e Studio Drift) pelas áreas públicas de todo o distrito. Tudo bem na vibe da Art Basel!

O Faena District vem ditando tendências e se tornando o bairro mais descolado da cidade. Em dois anos, Alan Faena revolucionou toda uma área da cidade… Afinal, por que criar apenas um hotel, quando se pode inventar um distrito inteiro? Hotel, marina, centro cultural. Teatro, dança, projetos experimentais. Gastronomia, beach club, Art Basel. Esqueça o que você conhecia sobre a badalada orla…

Instalado na Collins Avenue, e o único hotel da região com vista para o mar desde a entrada, o Faena Miami Beach ocupa as antigas instalações do icônico Saxony Hotel, erguido em 1947 e frequentado por celebridades como Marilyn Monroe e Frank Sinatra. A atmosfera ecoa os dias de glamour dos anos 1950, com inspiração art déco e motivos tropicais (ideias da mente criativa do diretor de cinema australiano Baz Luhrmann). Com obras de grandes nomes, como Jeff Koons, o Faena traz a marca da arte contemporânea. Cruze com os excêntricos murais de Juan Gatti e se deixe deslumbrar pelo impacto visual de constelações, flamingos, onças, símbolos míticos, universos…

Para wellness, ecoando o Faena Hotel Buenos Aires, os tratamentos holísticos vêm de antigas tradições indígenas da América do Sul e aterrissam no Tierra Santa Spa; e o Faena Beach Club é sob medida para curtir o sol. À beira da piscina, você vai notar a primeira das duas obras de Damien Hirst no hotel, um mamute de ouro 24 quilates, avaliado em 18 milhões de dólares, exibindo seu esqueleto. Incrível!

O Faena deixa os aromas e sabores por conta do chef Francis Mallmann, à frente do argentino Los Fuegos. No Pao by Paul Qui, as influências chegam de mais longe: Japão, França, Filipinas. No centro do restaurante, a segunda grande obra by Hirst: um unicórnio saudando os visitantes, com os músculos à mostra (qualquer semelhança com as cabeças de unicórnio que Philippe Starck pendurou na unidade de Buenos Aires não é mera coincidência).

Outra moda à la Faena é sua vocação para o mundo do espetáculo. O único teatro localizado dentro de um hotel em toda a Miami tem clima de cabaré contemporâneo, programação original – e tango! – e já virou um must da cidade. Acha que acabou? Ainda nem falamos do escultural edifício anexo by Rem Koolhaas/OMA que abriga o Faena Forum e, desde a inauguração, já se tornou um dos pontos-tendência durante as edições da Art Basel. Este ano, até sua fachada vai receber intervenções – assinadas por Kelly Breez, Coral Morphologic e Martin Borini.

Esse é o espírito da marca Faena… Ser unique em tudo que toca!

Fale Conosco
compartilhe esse post:

Copyright © 2018 primetour viagens. All rights reserved.